Buscar
  • Sara Morgado

Queridos pais!

Calma!


Queridos Pais!

Nunca houve como hoje em dia tantas publicações (esta incluída), sites, livros, workshops e um sem número de fontes que vos dizem algo sobre a melhor forma de educarem os vossos filhos em todas as áreas da vida deles e das vossas, por consequência. São óptimas para nos ajudar a ter mais informação quando não sabemos o que fazer e assim fazermos escolhas mais conscientes, mas imagino que não deva ser fácil ler e ouvir tanta coisa, algumas coincidentes, outras contraditórias e ainda assim a vossa cabeça não dar um nó.

Imagino mesmo!

Entre tantas teorias, o que fazer afinal?

O que escolher? Como agir perante esta ou aquela situação? Porque estamos todos tão perdidos, sem saber o que fazer perante tantos novos desafios que as crianças nos trazem? Esta ainda é uma pergunta para a qual procuro respostas, assim como muitos de vós. Procuramos todos.

Acredito que é mais benéfico ter dúvidas do que respostas absolutas.

Apenas sei que vos quero hoje dizer uma coisa : descompliquem. Sim, descompliquem. Tornem as coisas simples, aproveitem os momentos com os vossos filhos, estejam presentes neles, reflitam sobre as vossas atitudes e as deles, procurem respirar antes de gritar e sejam felizes, com eles.

Cuidem de vocês porque isso será essencial para a forma como lidam com os comportamentos deles. Permitam-se errar e aprender com esses erros. Tal como com as crianças. Eles vão crescendo como filhos e pessoas. E vocês vão crescendo como pais e pessoas. Passo a passo, cada um de vocês, fazendo o vosso caminho e percurso de vida. Valorizem-se, porque

ser pai e mãe é uma missão e tanto! Procurem informação, diferente , diversificada, ouçam várias opiniões, e na conjugação da vossa individualidade e da individualidade dos vossos filhos, façam aquilo que vos fizer mais sentido. Mas sobretudo, de coração aberto sentem-se com eles e conversem.

Transmitam as vossas ideias e sentimentos. Ouçam os deles. E procurem que a vida faça o resto.

0 visualização

©2020 por Sara Morgado. Criado orgulhosamente com Wix.com